Francischini vigia (errado) asfalto de Greca

Justiça seja feita, Rafael Greca (DEM) é um animal quando o assunto é asfalto, mas a empresa fornecedora não é da família dele nem há nexo entre o prefeito e a contratação. Para ser prefeito de Curitiba, Fernando Francischini (Solidariedade) dispara vídeos que são a expressão perfeita do “pesar a mão”. Greca Asfaltos existe há mais de 60 anos, e tem o governo do estado e a cidade como clientes. É uma das maiores empreiteiras do tipo no país.

No peça que associa o prefeito à essa empresa, as informações são parcas, fundamentadas pelo destino de um mesmo nome, “Greca”. Duas fontes confirmaram que a distribuição é feita pelo “deputado campeão de votos”. Ela força a barra, na obstinação por vigilância e punição policial. O tom autoritário é perturbador.

Francischini não parece ter entendido o que é sociedade civil organizada. Civil que é, tende a seguir à cartilha de Max Weber quanto ao monopólio da violência. Mas, chega de Lava Jato. Deu ruim.

Voltando ao vídeo. Pela lógica do ex-delegado, eu seria herdeiro de qualquer empresa com o nome Camargo. Não se pode desqualificar o caminho torto, velho e baixo que uma notícia falsa dessas perfaz, especialmente quando propagada por alguém que o povo confiou tantas vezes.

Fotos: Greca (à esquerda), e Francischini. Divulgação.

1 resposta em “Francischini vigia (errado) asfalto de Greca”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *