Continho da família #3

Existe algo de esplêndido na apresentação MTV Unplugged de Lauryn Hill, quando, ainda que jamais saibamos se o álbum é ou não mero acaso da indústria fonográfica, a artista volta ao palco depois de encontrar a si mesma. Lauryn, dentre outras coisas, deu a mim a amizade com Marina Oliveira, a quem as músicas faziam… Continuar lendo Continho da família #3

Continho da família #2

Meus amigos e eu não brigamos por causa de política. Não faria sequer sentido chamar alguém de irmão, de amigo, se a gente brigasse por qualquer motivo. Não é como entendo uma amizade. Evidentemente, não concordamos em tudo, jamais nos ignoramos, e até temos pontos de vista ≠s. Uma das descobertas mais tristes da minha… Continuar lendo Continho da família #2

Continho da família #1

As nuvens chuvosas de verão escureciam a tarde daquele país. Grudentos pelo calor úmido, tinham voltado ao tempo da casa se habitar de um casal apaixonado e dois filhos adolescentes. Aquele era um lar sagrado, intumescido da aparência gospel dos anos noventa. Não temiam demônios e, pelo contrário, corajosamente os empurravam para fora, em circunstâncias vergonhosas para o que o diabo se propõe a… Continuar lendo Continho da família #1

A sabedoria de Parracho rastela mato do jornalismo do Paraná

Fernando Parracho. Selfie. Foto: Redes digitais.

Conheci Fernando Parracho em um encontro inesperado, quando ele gravava com a própria mão uma reportagem na ilha do Superagui (PR). Ele a trabalho, eu em férias. Curiosamente, nossas atividades se diferenciavam pouco, porque para ele fazer jornalismo é como coçar os olhos quando se acorda, natural, sem muito frufru. Anos antes, e talvez quase… Continuar lendo A sabedoria de Parracho rastela mato do jornalismo do Paraná